“Ele estava muito feliz. Com quinze anos, sabe-se o que fazer com 1.000 francos”, disse Thomas Winkelmann, o diretor de segurança pública em Zurique, à Reuters.

“Algum dinheiro é devolvido de vez em quando... talvez 50 ou 100 francos. Mas 1.000 francos é muito raro aparecer”.