Um homem de 34 anos de idade, residente na cidade de Blekinge, no sul da Suécia, ligou para a polícia a queixar-se de «assédio sexual», após ver através de uma janela os seus vizinhos a terem relações sexuais, dentro da sua própria casa, escreve o jornal brasileiro G1.

Segundo o jornal sueco «The Local», que cita um oficial da polícia, Johan Berntsson, as autoridades não aceitaram a queixa e explicaram que «ter sexo dentro da própria casa não é crime».