Um ladrão meteu-se, sem dúvida, com a pessoa errada, na quarta-feira, num parque público de Estocolmo, na Suécia. Uma mulher polícia, de folga e em biquíni, imobilizou o indivíduo que tinha acabado de furtar o telemóvel a um amigo.

Teria perseguido o ladrão “nem que estivesse nua”, afirmou Mikaela Kellner ao jornal sueco Local, segundo a BBC. Não estava nua, mas de fato de banho, razão que não impediu a mulher de agir rapidamente, logo que o amigo se apercebeu da falta do aparelho.

O ladrão abordou a agente e uns amigos quando estes apanhavam banhos de sol no parque da capital. Disse que estava a angariar fundos para os sem-abrigo através da venda de publicações. O homem colocou, então, uns papéis nas toalhas do grupo. Colocou uns papéis e retirou um smartphone, segundo o testemunho recolhido pelo jornal sueco.

A agente da polícia disse que perseguiu o homem durante uns 15 metros. Um colega, também de folga, partiu igualmente no encalço do homem. Fim de história amargo para o assaltante que foi apanhado e detido quando chegou uma patrulha.

Com o telemóvel devolvido ao respetivo dono, este caso ficaria por aqui, mas uma fotografia da detenção, publicada na conta de Instagram de Mikaela Kellner, está a fazer dela uma “estrela” na Internet, tal a quantidade de “gostos” e comentários que já leva em dois dias.