Os moradores da Avenida Dr. Horacio Kiehl, em Itu, no estado brasileiro de São Paulo, apanharam um «susto de morte» quando viram um esqueleto, aparentemente humano, vestido de Pai Natal a enfeitar a calçada de uma residência.
 
A Polícia Militar foi alertada pelos vizinhos este domingo e imediatamente mobilizada para o local, onde permaneceram de modo a preservar o esqueleto, e aos peritos analisarem a autenticidade dos ossos.

«Passei lá ontem [sábado] de noite e vi-o a montar o enfeite, que tem até mangueira de luz. A minha mulher ainda teimou comigo que era de gesso, mas cheguei perto, peguei e vi que é osso de verdade. Nem deixei minhas filhas chegarem perto», contou um morador que preferiu manter o anonimato.

 

Já o morador responsável pelo enfeite sofre, segundo a polícia paulista, de distúrbios mentais e alega que encontrou o esqueleto e resolveu vesti-lo de Pai Natal para enfeitar a fachada da casa.

O facto de os ossos estarem pregados e aparafusados leva as autoridades a pensarem que se pode tratar de um esqueleto outrora utilizado para estudo em alguma instituição de ensino.