Um cão recusou-se a abandonar o seu amigo morto no meio de uma estrada movimentada na China, debaixo de temperaturas de -15º.

O cão foi atropelado mortalmente por um carro, no dia 22 de dezembro, e o amigo permaneceu a noite inteira ao lado do seu amigo, recusando-se a mover-se.

Uma moradora, Ma Hongyang, colocou um banco ao lado dos dois cães para evitar outra morte. «É nosso. Colocámo-lo ali para protegê-los de outro atropelamento», afirmou à «Sky News».

«O cão esteve ao lado do seu amigo a noite toda. Os motoristas tiveram cuidado e não os atingiram», revelou outro morador de Yinchuan.

Depois de terem passado a noite no meio da estrada, os cães foram recolhidos por um dono de um restaurante. O homem levou o cão morto e o «bom-samaritano» acompanhou o amigo. Após o cão ter sido enterrado debaixo de uma árvore num parque local, o «bom-samaritano» desapareceu.