Um grupo de pinguins-de-Magalhães apareceu nas praias de Salvador da Bahia, no nordeste brasileiro, o que está a gerar espanto geral, já que esta espécie de pinguins é normalmente encontrado muito mais a sul, nas zonas costeiras da Argentina, Chile e ilhas Malvinas.
 
Os especialistas consideram que com as ondas migratórias para norte, na tentativa de encontrar águas mais quentes, estes pinguins se terão perdido do resto do grupo e foram parar muito mais à norte do que é normal.
 
Os animais foram encontrados num estado débil e desidratados, e foram resgatados.
 
Estão a receber tratamento no Instituto Aquático de Salvador, onde deverão ficar três meses antes de regressarem ao seu meio ambiente.