Wang Yuheng ficou famoso na China, depois de derrotar um robô na mais recente competição de memória fotográfica. O vencedor já tinha conseguido identificar um copo específico no meio 520 muito idênticos, quando participou num programa de televisão. Na competição de onde saiu vitorioso, o senhor com “superpoderes“ de memória teve de associar várias mulheres com fotografias de infância.

É também conhecida a ajuda que Yuheng presta à polícia na identificação de “pistas escondidas” nas imagens de câmaras de vigilância. As suas habilidades de observação excecionais permitem identificar características que muitos polícias não conseguem ver.

Quanto ao adversário de Wang, trata-se do robô de reconhecimento facial Mark. A criação da empresa Magvii presta serviço para o Alipay, o maior site de pagamentos online da China. A empresa responsável por Mark afirmou que a taxa de sucesso é de 99.50%, ultrapassando as capacidades humanas.  

Depois de perder para Mark nas primeiras duas rondas da competição, Wang venceu a terceira etapa e conseguiu provar que há pelo menos um ser humano com memória fotográfica tão boa ou melhor que a de um robô.

Os criadores de Mark garantiram que as capacidades do robô ainda não se esgotaram e nos próximos tempos irão apresentar melhorias no sistema operativo da máquina. Segundo estimativas, o mercado global de tecnologias de reconhecimento facial atingirá os 18.000 milhões de euros em 2025.