Uma família sueca foi surpreendida por uma ratazana de 40 centímetros que ultrapassou as barreiras de madeira e cimento da casa e tomou de «assalto» a cozinha.

Signe Bengtsson-Korsås explicou ao «The Local» que o primeiro contacto com o animal foi quando se preparava para esvaziar o caixote do lixo.

«O poderoso monstro estava no nosso caixote do lixo. Fiquei petrificada. Eu não conseguia acreditar que um rato deste tamanho pudesse existir», contou.

«Não poderia deixar de interpretar o velho clássico e saltar para cima da mesa da cozinha e gritar», admitiu.

O marido Eric Bengtsson-Korsås, que se tinha ausentado, pensou que a sua mulher estava a exagerar quando recebeu a notícia. «No momento que cheguei a casa, o rato parecia domesticado, tanto que estava sentado junto à mesa da cozinha», disse Eric.

Depois de terem reparado que o animal tinha corroído os canos na parte traseira da máquina da louça, inundando parte da cozinha, a família decretou chamou os exterminadores.

Os responsáveis colocaram três armadilhas grandes e um dia depois, uma delas deu resultado.