Uma rapariga achou que a maneira mais fácil de conseguir arranjar droga na Florida era através do Twitter. O que não contava era que quem lhe respondesse ao pedido fosse a polícia.

Ao pedido "quem está em Sarasota, Floria, e tem erva", a rapariga teve como resposta um "pedido" da políciam para que passasse no "posto da polícia para terem uma agradável conversa".

No tweet, a polícia de Sarasota aproveitou para deixar dois apelos através das hashtags "#SayNoToDrugs" ("diz não às drogas") e "#LESM", que defende a aplicação da lei nas redes sociais. 

No entanto, a rapariga não se deixou intimidar pela resposta das autoridades e partilhou-a na sua página pessoal.