O chefe da Agência Antidroga da Indonésia quer construir, numa ilha, uma prisão especial para condenados por tráfico de droga e utilizar crocodilos como “guardas”. Budi Waseso planeia visitar diferentes regiões do arquipélago de forma a encontrar os répteis mais ferozes.

"Colocaremos tantos crocodilos quanto pudermos. Eu próprio irei procurar os mais ferozes", afirmou o responsável, citado pela AFP.

"Os crocodilos não podem ser subornados e vocês não conseguem convencê-los a deixar fugir os presos", acrescentou.


Sendo uma ideia que não destoaria num filme de James Bond, para já, o projeto ainda não passou do papel e o local de construção ainda não foi decidido.

A Indonésia é dos países com leis mais duras no que ao tráfico de droga diz respeito. Em abril, oito pessoas, sete das quais estrangeiras, incluindo o brasileiro Rodrigo Gularte, foram condenados à morte por crimes por crimes de tráfico de drogas.