Como o filho também não a ouvia, Chiquita Hill tomou uma decisão drástica: pregar-lhe um susto e chamou a polícia. O menino não foi preso, mas chegou a ser algemado e transportado até ao carro da polícia.

“Eu tinha de fazer alguma coisa”, desabafou esta norte-americana, residente em Columbus, na Georgia, à ABC News.

Os agentes combinaram com a mãe tudo o que iriam fazer, até mesmo o recurso às algemas foi acertado com a progenitora.

Chiquita Hill espera que o filho tenha aprendido a lição e relata que quando foi libertado correu para ela a chorar. “Pediu desculpa e prometeu que não voltava a portar-se mal”.