A rapariga quase passa despercebida entre os portões da mansão. Só com as novas tecnologias se consegue perceber que é a mesma rapariga em todas as fotos. (Facebook / The Bad Guys)




Aproximação de imagem à rapariga deixa perceber que é sempre a mesma pessoa. A menina nunca sorri e aparece sempre com um ar taciturno. (Facebook / The Bad Guys)









A rapariga nunca é o foco das fotografias. Parece aparecer sempre por coincidência. (Facebook / The Bad Guys)

“Pensamos que a rapariga pode ser filha ou sobrinha do fotógrafo, mas não temos a certeza, uma vez que nem sabemos o nome do responsável pelas fotos”, disse Ilya Kuklinsky, investigadora do Museu Regional de Krasnoyarsk, ao The Siberian Times.



Segundo os investigadores, existem alguns detalhes que mudam ao longo das fotografias, na roupa da menina. Mas a maior parte da indumentária é sempre a mesma, tal como a maneira como pousa. (Facebook/ The Bad Guys)