Sarah Pearson, uma britânica grávida residente em Barnsley, Reino Unido, quase teve o primeiro filho enquanto dormia tranquilamente, avança este sábado, o «Daily Mail».

Pearson acordou abruptamente e disse ao companheiro, Graeme Smith, que «sentia alguma coisa esquisita». Quando Smith olhou por baixo dos cobertores reparou que o filho estava a meio caminho do mundo, tendo já a cabeça de fora.

A jovem de 25 anos tinha ido ao hospital algumas horas antes quando lhe rebentaram as águas. Na altura, uma das parteiras mandou-a regressar dali a 24 horas, já que o parto ainda não estaria para breve.

O casal regressou a casa para descansar e foi quando tudo aconteceu.

«Nós dormimos um par de horas e a Sarah acordou-me a dizer: «O que é isto? Sinto-me estranha», e quando olhei para lá estava uma cabeça de fora», disse o pai da criança.

Os pais ainda chamaram uma ambulância, mas a ajuda não conseguiu ser tão rápida quanto o bebé.

«Eu estava um pouco assustado mas os nossos instintos entram em ação, eu nem fiz muito, a Sarah fez todo o trabalho, eu apenas limpei o bebé e verifiquei se estava tudo bem com o cordão umbilical», continuou Smith.

«A Sarah esteve muito bem e estou muito orgulhoso que ela tenha feito tudo sem medicamentos para dores ou algo do género», acrescentou.

Apesar de tudo, o parto decorreu com normalidade e tanto os pais como o bebé Charlie estão bem.