A casa de apostas irlandesa Paddy Power está a promover apostas para qual o próximo animal do zoo de Copenhaga a ser abatido, depois de nesta semana quatro leões saudáveis (dois adultos e duas crias) terem sido mortos em nome da preservação e pureza da espécie.

Mortes que aconteceram cerca de um mês depois de este mesmo zoo na Dinamarca ter abatido uma girafa, também saudável, cuja carcaça deu de comer a outros animais na frente dos visitantes, incluindo crianças.

Para a casa de apostas, as probabilidades recaem sobre uma zebra (5/1), um urso polar (8/1), um antílope, como um impala ou um gnu (6/1) ou um tigre (14/1). Mas também há lugar para um hipopótamo (40/1), ainda que como menos provável.

A Paddy Power diz que tentou negociar a compra dos leões, mas a oferta foi recusada pelo diretor de vendas do zoo, que considerou «não poder levar a oferta a sério».

A empresa de apostas afirma ainda que também tentou «salvar» a girafa Marius, ao oferecer-se para realojá-la na Irlanda, onde poderia começar uma nova vida «na primeira corrida de girafas do mundo», mas a oferta foi igualmente recusada pelo zoo.

Para a Paddy Power, esta «brincadeira» em torno da aposta sobre o próximo animal a ser abatido serve «para ajudar a chamar mais atenção para o zoo» e para o que ali está a acontecer.