Um elefante bebé de apenas cinco meses teve de ser resgatado pelos serviços da natureza do Quénia depois de se recusar a abandonar o cadáver da mãe. Os técnicos temeram que morresse de frio e fome ou fosse alvo de predadores.

Técnicos da fundação David Sheldrick Wildlife Trust, dos serviços da natureza quenianos e da organização «Salvem os Elefantes» trabalharam a noite inteira para resgatar o pequeno Sokotei. A operação foi documentada pela «Barcroft TV».



O animal foi sedado e transportadod e avião para as instalações da David Sheldrick Wildlife Trust para elefantes órfãos, localizadas no Parque Nacional de Nairobi.