Duas turistas norte-americanas fora resgatadas, no sábado, de uma floresta da Nova Zelândia depois de escreverem, com galhos, um pedido de ajuda com a palavra “Help” (em inglês) que foi avistado pelas equipas de socorro.

A norte-americana, Carolyn Lloyd, de 45 anos, viajou até à Nova Zelândia onde a filha, Rachel, de 22, está a estudar e, na última terça-feira, decidiram fazer um passeio pelo parque florestal no norte de Wellington, mas acabaram por se desorientar e ficaram cinco dias perdidas na floresta.

O alerta foi dado na quarta-feira quando as mulheres não aparecerem no motel onde estavam hospedadas e o carro que tinham alugado foi encontrado perto do parque florestal Tararua. As buscas para encontrar as turistas tivera início na sexta-feira e um dia depois a polícia informou que mãe e filha foram encontradas com vida e se encontravam bem.

Rachel tinha sinais de desidratação e de fraqueza pela falta de alimento”, afirmou o sargento Anthony Harmer em comunicado, citado pelo Buzz Feed. “Elas estão muito cansadas e foram encaminhadas para o hospital para serem avaliadas e cuidadas”, acrescentou.

Carolyn e Rachel Lloyd escreveram a palavra “Help”, com a ajuda de galhos de árvores, numa zona aberta da floresta e a mensagem foi avistada pelos helicópteros das equipas de resgate, que publicou as fotografias na internet.

Ainda não é claro o que lhes aconteceu, mas aparentemente ficaram desorientadas e incapazes de encontrar o caminho de regresso”, acrescentou o sargento.

Esta não é a primeira vez que uma operação de busca e salvamento é bem-sucedida em consequência da escrita de um pedido de ajuda. Em agosto do ano passado, um turista britânico estava perdido numa ilha quando foi resgatado pela polícia, depois de ter escrito “help” na areia da praia.

Recentemente, três homens foram resgatados de uma ilha no Pacífico onde estiveram durante três dias depois da embarcação onde seguiam se ter afundado. Os náufragos foram localizados por um avião da marinha dos EUA. 

O deserto do Arizona foi também palco de resgate depois de uma idosa se ter perdido durante nove dias. Ann Rodgers utilizou paus para escrever a palavra “ajuda” na terra e sobreviveu alimentando-se à base de água e plantas.