Um homem norueguês, com cerca de 40 anos, bebeu demasiado ao festejar o fim do ano, e decidiu ir para casa de táxi. A atitude aparentemente ponderada acabou por ter um resultado inesperado: uma viagem de seis horas e meia atravessando três países e uma conta a rondar os 2 mil euros (18 mil coroas norueguesas). Segundo a BBC, tudo se passou no dia 31 de Dezembro, em Copenhaga (Dinamarca).

É costume na noite em que se celebra a mudança de ano, as pessoas cometerem alguns excessos. Este norueguês acabou a noite embriagado e decidiu apanhar um táxi para ir para casa. O problema é que entre o local onde tinha estado a festejar (Copenhaga) e a sua casa (Oslo, Noruega) são mais de 600 quilómetros de distância. 

Depois de seis horas e meia e três países atravessados, o homem chegou a casa. O percurso iniciou-se em Copenhaga, passou pela Suécia e terminou na capital da Noruega (Oslo), local da residência do indivíduo. Quando chegaram ao destino, o homem não pagou a conta e foi para casa dormir. O taxista irritado com aquela situação decidiu chamar as autoridades.

A polícia norueguesa, que registou o momento na rede social Twitter, deslocou-se à casa do homem e acordou-o. Este aceitou pagar a conta ao taxista e o assunto ficou resolvido.

De acordo com a NRK, estação televisiva norueguesa, o homem não tinha antecedentes criminais.