Um noivo holandês sobreviveu a uma queda de um penhasco com mais de 1200 metros, quando tirava uma fotografia à mulher. O casal passava a lua-de-mel no SriLanka. A queda foi amparada por uma árvore e foi precisamente isso que salvou Mamitho Lendas, de 35 anos.

De acordo com a «Sky News», ele tornou-se na primeira pessoa a sobreviver à queda do penhasco, conhecido como «Fim do Mundo».

O homem foi resgatado pelo Exército do SriLanka, que usaram cordas e um helicóptero militar para chegar até ele. Na operação de resgate, participaram 40 militares.

O homem sobreviveu sem ferimentos graves.