Uma cantora ucraniana ficou retida num aeroporto, no Perú, por parecer “muito jovem”. As autoridades não acreditaram que Natalia Dzenkiv, da banda pop Lama, tinha 41 anos e pensaram que estava a usar o passaporte de outra pessoa mais velha.

O ar juvenil de Natalia fez os guardas do aeroporto pensarem que tinha apenas cerca de 20 anos.

Quando descobri o motivo da minha prisão, até me comecei a rir, porque era a idade que estava no meu passaporte. Eu já estou habituada a receber elogios devido à minha aparência, mas nunca imaginei que seria uma razão para ser detida”, disse Natalia Dzenkiv, citada pelos tabloides britânicos.

Foram os fãs da cantora que conseguiram convencer as autoridades de que a ucraniana era quem dizia ser. Assim, depois de dar alguns autógrafos, Natalia Dzenkiv foi autorizada a entrar no avião e seguiu viagem para casa, na Ucrânia.