Um casal de adolescentes foi detido este domingo, depois de ter estado em fuga durante duas semanas no sul dos Estados Unidos. Pelo caminho, os jovens furtaram pelo menos três automóveis e duas armas e terão passado vários cheques roubados, conseguindo sempre escapar às autoridades dos estados por onde passaram.

Cheyenne Philips, de 13 anos, e o namorado Dalton Hayes, de 18, já são apelidados nos Estados Unidos de «Bonnie e Clyde», numa referência aos protagonistas do filme com o mesmo nome - dois jovens namorados que se tornam assaltantes em vários estados norte-americanos.

Mas a história destes adolescentes é bem real.Os dois conseguiram escapar às autoridades em vários estados norte-americanos, desde que desapareceram de casa, no estado do Kentucky, há cerca de duas semanas.

Apaixonados, o casal de namorados pôs-se em fuga para a Carolina do Sul, depois para a Geórgia e só foram apanhados na Flórida este domingo, quando dormiam numa carrinha roubada.

De acordo com a mãe de Dalton, Tammy Martin, os adolescentes namoram há apenas três meses. Antes de começarem a relação, a progenitora garante que Dalton pensava que Cheyenne tinha 19 anos. Porém, e segundo as declarações da mãe, quando o filho se apercebeu que a jovem tinha apenas 13 anos já estava apaixonado por ela.

Agora, os dois enfrentam várias acusações. Dalton terá de comparecer em tribunal esta segunda-feira, enquanto Cheyenne será levada a um tribunal juvenil mais tarde.