As imagens de vigilância de uma estação de comboio da China não deixam margem para dúvidas: uma mulher entrou para dentro de uma máquina de Raio-X de uma estação de comboio local, onde são colocadas as bagagens do passageiros para o habitual controlo de segurança.

A passageira justificou o episódio alegando que tinha receio que os seus pertences fossem roubados ou que ficassem perdidos no meio das restantes bagagens, segundo avança o The Daily Mail

Num vídeo partilhado pela rede social chinesa PearVideo, que mostra as imagens de vigilância da estação, é possível ver a mulher a sair do tapete rolante, ajoelhada, ao mesmo tempo que verifica todos os seus pertences. Um acontecimento que surpreendeu não só os seguranças, mas também quem estava à sua volta. 

O episódio insólito aconteceu no domingo, dia 11 de fevereiro, na estação de comboio em Dongguan, província de Guangdong, no sul da China, numa altura em que milhares de chineses viajam por causa do Ano-novo chinês, que se comemora já no próximo dia 16.