Se um azar nunca vem só, pelos vistos a sote também pode chegar em dose dupla. Ou até tripla, já que o indiano Mohammad Abdul Bashir Khadar, aos 62 anos, até queria mesmo deixar de trabalhar.

Há 37 anos que trabalho no Dubai. Tenho uma vida simples e agora, que está na altura de me reformar, sinto que Deus me deu uma segunda vida por ter sobrevivido ao desastre de avião e me abençoou com este dinheiro", contou o vencedor da lotaria ao jornal Al Arabiya, segundo o diário espanhol El País.

Aquele dia de sorte

Primeiro, não ganhou para o susto. Mohammad era um dos 282 passageiros que se encontravam a bordo do vôo EK521 da Emirates Airline, quando o avião se incendiou ao aterrar no Aeroporto Internacional do Dubai.

Foi nessa mesma quarta-feira da semana passada, que o indiano, depois de se livrar de boa, resolveu comprar um bilhete de lotaria. A sorte andou à roda e uma semana depois, o número 0845 foi contemplado. Mohammad ganhou um milhão de dólares, o equivalente a 900 mil euros.

Reformar-se e ajudar

Com o dinheiro ganho, Mohammad começou logo por pagar os custos do hospital onde está internado o filho, paraplégico por ter sofrido uma queda pouco depois de nascer.

O recém milionário pretende reformar-se dentro de quatro meses e dedicar-se a trabalhos voluntários no Estado de Kerala, na Índia, a sua terra natal.

Quero ajudar os que realmente precisam", afiança Moahammad que garante não pretender nem doar dinheiro a instituições, nem abrir negócios.