A polícia norte-americana prendeu um comerciante e o filho por terem tentado burlar o homem que ganhou um milhão de dólares na lotaria, convencendo-o que apenas tinham ganho mil dólares.

O vencedor, um homem e 34 anos, não falava inglês, mas foi recolher o prémio da lotaria na quinta-feira. O filho do dono do estabelecimento deu-lhe apenas mil dólares e ficou com o bilhete premiado.



No dia seguinte, o contemplado como prémio voltou ao local e exigiu o resto do dinheiro. Desta vez, o dono da loja estava presente e tentou «arrumar a questão» oferecendo, desta vez, 10 mil dólares.

O homem não aceitou e denunciou ambos à polícia. Foram detidos e acusados de burla. O advogado alegou que tudo não passou de um «simples engano».