Duas adolescentes norte-americanas, aparentemente com 15 anos, residentes em South Portland, receberam uma intimidação pela polícia depois de terem publicado um vídeo no Twitter que mostra as duas jovens a meterem um gato no micro-ondas, ligando-o com o animal lá dentro.

O animal, apenas com oito semanas, sobreviveu à «brincadeira» das duas adolescentes mas foi-lhes retirado e entregue a uma associação de acolhimento, escreve o «Mirror».

O vídeo foi publicado na rede social no dia 6 de setembro e originou diversas chamadas para a polícia.

O gato, rebatizado de «Milagre», está em fase de exames e vai ficar disponível para adoção.

As duas jovens foram acusadas de crueldade a animais.

Veja o vídeo