Se for homem e visitar o café Handsome Her, em Melbourne, na Austrália, vai pagar mais. A proprietária decidiu desenvolver uma forma criativa de pôr as pessoas a pensar sobre a discrepância salarial entre homens e mulheres.

Neste café, as mulheres têm prioridade e os homens se quiserem consumir têm de ficar sujeitos ao pagamento de uma espécie de “imposto dos homens”.

Na Austrália, os homens ganham, em média, mais 17,7% do que as mulheres. Por isso, a dona deste café cobra-lhes mais 18%. O montante reverte para instituições que ajudam mulheres.

O pagamento da taxa não é obrigatório e apenas contribuiu quem achar por bem fazê-lo.

O que nós queríamos era aumentar a consciência e trazer à tona a diferença entre homens e mulheres.”, informou a proprietária, citada pela CNN.

A dona do café conta que já houve casos de pessoas que quiseram contribuir com mais dinheiro e, tanto da parte dos homens como da das mulheres, tem havido recetividade à medida.

Tivemos casos de homens que atravessaram a cidade para nos visitar, pagar o ‘imposto dos homens’ e doar algum dinheiro extra. Pusemos a Austrália a falar de uma disparidade salarial há muito esquecida”.