Um político britânico relatou, no início desta semana, no Twitter, o desgosto pelo qual estava a passar, juntamente com a família. O autarca de Chorlton, nos subúrbios de Manchester, tinha visto um carro atropelar-me mortalmente Gus, o seu gato cinzento de três anos.
 
Na rua em frente à sua casa, Matt Strong tinha visto um carro atropelar o animal e fugir sem prestar assistência. O autarca, que também estava de carro, parou e ficou estarrecido quando lhe pareceu ver o seu pequeno Gus morto no asfalto.
 
Pegou no animal e enterrou-o no quintal lá de casa. E foi relatando o sucedido no Twitter e recebeu apoio dos seguidores. Matt Strong tem uma política de privacidade muito restrita na sua conta de Twitter e não é possível confirmar os posts que fez na última segunda-feira. Mas a história vem contada ao pormenor no Manchester Evening News.
 
Qual foi o espanto de Matt Strong quando Gus lhe apareceu na cozinha, sem um único arranhão, horas depois de ter sido supostamente enterrado no quintal. Afinal, o animal velado e sepultado no terreno junto à casa, era outro gato cinzento, como o próprio autarca contou mais tarde no Twitter.
 

“O gato era muito parecido com o meu e até tinha as mesmas marcas. Até tinha as mesmas cicatrizes de ter andado a lutar. Provavelmente até lutou com o meu gato.”

 
Matt Strong procura agora os verdadeiros donos do animal enterrado no seu quintal. “Sinto-me muito mal por eles. Sei exatamente pelo que estão a passar”.