Um ladrão arrependido devolveu os 20 mil euros que tinha roubado a uma idosa, mais de três anos depois do assalto, segundo o La Provence.

A 20 de dezembro de 2013, uma idosa foi levantar 20 mil euros ao balcão de um banco. Passado poucos minutos, foi vítima de um assalto por esticão que a deixou em estado de choque, mas não ferida.

Já em março deste ano, quando a idosa regressava a casa, foi surpreendida com um ramo de flores, sem qualquer explicação. 

Quatro dias depois, a idosa foi surpreendida com um homem à sua porta, com um novo ramo, onde, para além das flores, estava um envelope com 20 mil euros e um pedido de desculpas.

A vítima dirigiu-se à polícia e descreveu o homem, que, apesar do arrependimento, foi detido. Não se sabe a sua identidade, apenas que tem 27 anos.

Ele precisava apenas de aliviar a consciência”, revelou fonte próxima a investigação.

O jovem foi libertado sob supervisão judicial.