As filhas riscarem a seu carro novo com uma chave terá sido a gota que fez transbordar a paciência de Naasira Muhammad.

«Estou num ponto em que estou tão frustrada que, para manter as minhas mãos afastadas das minhas filhas e não fazer alguma coisa estúpida, resolvi simplesmente entrar em greve».

Naasira Muhammad pode ser vista na sua rua, andando para cima e para baixo ou sentada numa cadeira à porta de casa empunhando um cartão que diz: «Mãe em greve».