Numa reviravolta curiosa do destino, um suicida que ameaçava saltar da ponte de Londres, no Reino Unido, acabou por salvar a vida de um homem, que se estava a afogar precisamente debaixo do mesmo viaduto.

O caso ocorreu na quarta-feira, cerca das 23:00, quando os serviços de emergência foram chamados ao local por causa de uma pessoa que estava prestes a saltar para o rio Tamisa. Mas quando o barco salva-vidas chegou ao local, a equipa de socorro notou que um outro homem estava na água a lutar para se manter à tona, atrapalhado pelo peso das próprias roupas.

Assim, enquanto a polícia tentava dissuadir o potencial suicida e imobilizá-lo em segurança, a embarcação recolheu também o homem que estava no rio, que sofria com os primeiros sinais de hipotermia e se mostrou confuso sobre a razão e o modo de se encontrar naquela situação.

De acordo com o jornal britânico «The Telegraph», o homem, de 33 anos, estava alerta e comunicativo, mas não conseguiu dar pistas sobre a sua identidade ou explicar como tinha caído no Tamisa, e só pedia desculpa pela situação.

«Naquele momento, não havia nenhum outro barco na área e, pensamos inclusive que ninguém se tinha apercebido que ele estava na água. O mais provável e que, se não tivéssemos sido chamados para o primeiro incidente, nunca teríamos sabido que este homem estava com problemas e ter-se-ia afogado», afirmou Toni Scarr, um dos tripulantes da embarcação de salvamento.

«Nesse sentido, foi muita sorte. Ainda não sei como ele chegou a cair na água, mas foi um golpe raro de sorte em que pudemos salvar duas vidas de uma só vez no Tamisa»,concluiu.