Uma coisa é certa: este condutor não vai conseguir entrar no carro nem fazê-lo andar tão cedo. Este carro, estacionado em Tower Hamlets, em Londres, congelou perante as temperaturas extremas que se fizeram sentir na Europa nos últimos dias.

Para além de ter congelado por fora, também o motor do veículo ficou inutilizado depois de um bloco de gelo ter entrado por um tubo de água.

Os mecânicos tentaram reparar o tubo, mas o carro vai permanecer congelado durante alguns dias.

No Twitter, a polícia de Tower Hamlets mostrou-se solidária com o condutor, que está sem carro há dois dias.

"Se por acaso é o dono deste carro, tem toda a nossa solidariedade. Na verdade, gostávamos de ter tempo para o ajudar a tirar o gelo", lê-se na mensagem.

A vaga de frio proveniente da Sibéria provocou, até esta sexta-feira, a morte de 55 pessoas na Europa, muitas delas sem-abrigo, e continua a causar estragos e a semear o caos nos transportes.

Apontada como "A Besta do Oriente" pelos meios de comunicação britânicos, "O Urso Siberiano" pelos media na Holanda ou o "Canhão de Neve" na Suécia, a onda de frio fez pelo menos 55 mortos desde sexta-feira.

Em toda a Europa, a neve e o gelo causaram estragos nas estradas e muitos voos foram cancelados além de encerrar muitas escolas, incluindo em Portugal.