Um britânico, que desmaiou numa paragem de autocarros em Londres depois de uma noite de farra, acordou com uma raposa a roer-lhe a parte inferior das calças.

Steve Gould, de 35 anos, lembra-se de ter andado pela capital inglesa à procura de paragens de autocarro, depois de ter perdido o último comboio para Thurrock.

“Perdi os sentidos”, admitiu. “Cerca de uma hora mais tarde acordei e vi que tinha uma raposa a roer-me a sapatilha e as calças”, contou o homem ao Evening Standard.

“Ela nem sequer pestanejou”, acrescentou Steve Gould. “Olhou para mim como se perguntasse se havia algo errado…”

Steve Gould conseguiu tirar o telemóvel do bolso e fotografar a raposa, que acabou por correr para o outro lado da rua, onde se juntou a uma colega. Ambas olharam para o homem durante mais uns segundos e depois fugiram.

“Só Deus sabe o que podia ter acontecido se eu não acordasse. Podia ter perdido a perna. Não sei”, concluiu Steve Gould. “Mas ela estava muito calma, não se mostrou agressiva. Foi, sem dúvida, o acontecimento mais marcante da minha vida”, rematou.