Um alpinista francês encontrou uma caixa repleta de jóias avaliadas em 250 mil euros durante a escalada ao Mont Blanc, a montanha mais alta dos Alpes, noticia a BBC.

As autoridades acreditam que as jóias, incluindo safiras, esmeraldas e rubis, pertenciam a algum dos passageiros de um voo da companhia aérea Air India que caiu na região em 1966 e não deixou sobreviventes.

O tesouro foi encontrado abaixo do cume da montanha de 4.810 metros na fronteira entre a Itália e a França. As jóias estavam dentro de uma caixa de metal mais pequena que uma caixa de sapatos com a inscrição made in India<(/i> (feito na Índia).

O montanhista entregou as jóias à polícia que elogiou a atitude do alpinista que não revelou a identidade. O Boeing 707 da Air India que caiu no Mont Blanc em 1966 seguia para Nova Iorque via Genebra e Londres.

Um outro voo da Air India já tinha caído na mesma região em 1950. Outros objetos ligados aos aviões que caíram no Mont Blanc já tinham sido encontrados na mesma área. No ano passado, por exemplo, alpinistas encontraram no local uma mala diplomática indiana que se acredita estava a ser transportada no voo de 1966.