Na cidade de Holt, na Alemanha, a médica Stephanie Arndt divide o teto da sua antiga fazenda com Nasar, um enorme cavalo árabe que é já apelidado entre os vizinhos de «cobarde».

Stephanie conta que, durante a passagem do furacão «Xaver», que devastou a região onde mora, Nasar foi abrigado dentro da casa para se proteger.

Desde então, o animal acostumou-se com a prática e gosta de ficar a maior parte do tempo dentro de casa, parecendo até que tem «medo» de sair à rua.