Os médicos de Camberra, na Austrália, removeram um garfo de 10 centímetros do pénis de um homem de 70 anos, que o inseriu na sua uretra para ter prazer sexual.

O caso, considerado insólito, foi revelado por três médicos ao International Journal of Surgery Case Report de julho.

De acordo com o relatório do hospital de Canberra, o homem chegou às urgências com o órgão sexual a sangrar.

Já o Canberra Times revela que o doente disse aos médicos que tinha inserido uma peça do faqueiro na sua uretra há quase 12 horas para ter prazer sexual, mas o garfo ficou preso.

Os médicos não conseguiam sentir o garfo por fora e tiveram que fazer um raio-x que mostrou um garfo de 10 centímetros, que acabou por ser removido através de cirurgia com anestesia geral.

O paciente não ficou com lesões nos genitais e regressou a casa logo após o pós-operatório.