Metade burro, metade zebra, e toda ela bonita e adorável. Ippo, é uma potra filha de uma zebra macho e de um burro fêmea. Mas engana-se quem pensa que o raro burro-zebra é fruto de uma qualquer experiência científica que tinha por objetivo cruzar dois animais de espécies diferentes. Ippo nasceu no sábado numa reserva animal em Florença, na Itália, e foi concebida de forma espontânea. Sem ninguém dar por isso, o pai de Ippo pulou (literalmente) a cerca para ir ao encontro de uma encantadora burra e a velha luxúria natural fez o resto.

Em entrevista ao canal italiano RTV38, o proprietário da reserva animal descreve a história do nascimento de Ippo como o equivalente equino de um romance. Massimo Aglietti conta que se trata de uma história de amor entre uma zebra macho, que foi resgatada de um jardim zoológico, e um Burro de Amiata fêmea, uma espécie em vias de extinção.

Embora os dois animais estivessem separados por uma cerca de metal, a zebra pulou a vedação e acasalou com a burra. Mais ou menos um ano depois, nasceu um tipo raro de animal conhecido como «zonkey» (mistura das palavras inglesas «zebra» e «donkey»), que foi batizado de Ippo.

A proprietária da reserva, Serena Aglietti, realça que, embora não seja o único burro-zebra no mundo, «Ippo é a única da sua espécie em Itália». Massimo e Serena Aglietti acrescentam que a pequena Ippo não está à venda. A cria pode não ter sido planeada, mas dizem que já se apaixonaram por ela.

Esta espécie de burro-zebra é conhecida pela raridade, já que existem apenas alguns híbridos em todo o mundo. Um deles nasceu nos Estados Unidos da América em 2010 e existem relatos de que existem também na Alemanha e na China. A espécie é conhecida por não ter muita apetência para originar a continuação da raça, já que geralmente são geneticamente incapazes de procriar.