As dez experiências mais bizarras ou insólitas receberam, esta quinta-feira, os Ig Nobel 2014, na Universidade de Harvard, EUA.

Os prémios são entregues pela revista de humor científico «Anais da Pesquisa Improvável». Em baixo enunciamos os vencedores por categoria:

Neurociência

Cientistas investigaram o funcionamento do cérebro de uma pessoa capaz de ver a imagem de Jesus Cristo numa torrada;

Ciência Ártica

Investigação norueguesa para verificar se as renas da região de Svalbard se assustam com humanos vestidos de ursos polares;

Medicina

Médicos inseriram tiras de carne de porco no nariz de um paciente para parar hemorragia nasal (e, segundo o «Globo», a «tentativa funcionou»);

Nutrição

Uma equipa espanhola usou bactérias presentes nas fezes de bebés para fazer linguiça;

Psicologia

Teoria procura provar que as pessoas que dormem muito tarde podem tornar-se psicopatas;

Saúde Pública

Duas equipas estudaram se é ou não perigoso o ser humano conviver com gatos;

Física

Japoneses testaram se as cascas de banana são tão escorregadias como nos desenhos animados;

Biologia

Cientista descobriu que os cães defecam de acordo com o campo magnético da Terra;

Arte

Na Itália, um grupo de cientistas mediu a dor sofrida por uma pessoa quando é atingida por laser enquanto olha para um quadro feio;

Economia

O Instituto Nacional de Estatística do governo incluiu a prostituição e o tráfico de drogas no cálculo do crescimento do país.

O site «Globo» explica que «apesar da provocação, o Ig Nobel é levado na brincadeira pelos cientistas». Muitos dos nomeados compareceram ao chamado e subiram ao palco para receber os prémios.