“Falámos com o comandante depois de a terem salvado e ele disse que tinha sido um verdadeiro milagre ter escapado com vida. Estávamos a perguntar-nos porque estavam a demorar tanto tempo para resgatá-la. Pensámos que estivesse ferida com gravidade ou que tivesse morrido. Mas parece que a máquina de lavar, de alguma maneira, serviu de almofada e amparou a força da explosão”, explicou uma vizinha, em entrevista ao The Telegraph.



“Estava a dormir na altura e a minha mãe estava na cozinha. A explosão enorme acordou-me e abanou a casa toda. Viemos cá fora e a primeira coisa que vimos foi a janela da frente no meio da estrada. Depois vimos que a casa da nossa vizinha do lado tinha desaparecido e tinha sido reduzida a destroços. Um homem chamou logo as urgências e, assim que chegaram, fomos imediatamente evacuados. Parte das paredes laterais da nossa casa acabou por ficar danificada e o piso superior também colapsou”, contou Sam Singh.





“Sofreu cortes e hematomas e partiu um tornozelo. Mas quando avaliamos o nível dos estragos na propriedade, vemos que foi extremamente sortuda, por ter escapado sem nenhum ferimento grave”.