Um passageiro conseguiu que um comboio, da empresa de comboios do sudoeste do Reino Unido, fizesse uma paragem não planeada em Merstham, Londres, através de um tweet.

Paul Clarke e vários passageiros aguardavam um comboio que foi cancelado e o fotógrafo enviou uma mensagem à empresa perguntando se, "dados os cancelamentos da noite”, o comboio das 22:32 podia parar em Merstham".
 

E a companhia, ou melhor, uma representante da empresa – Amy - respondeu. Inicialmente, foi dito que não era possível fazer a paragem e que o próximo comboio para Merstham deixaria Londres às 23:40, mais de uma hora depois do comboio com direção a Redhill e que podia parar naquela estação.

Paul Clarke reclamou, dizendo que era “patético” porque o comboio passava na estação em causa e que “o guarda pode pedir paragens a três pontes de controlo”.

Pouco tempo depois, Amy voltou a responder, confirmando que a empresa tinha feito ajustes para que o comboio das 22:32 parasse em Merstham e pedindo desculpa pelos “cancelamentos anteriores”.

O agradecimento de Clarke, que acabou por chegar mais cedo do que o normal a casa, não se fez esperar.
“Espetacular, obrigado obrigado”.