Será caso para pensar que é a mais apetecível lua de mel que se pode desejar? Duas semanas em Itália, sem a mulher por perto? E ela, descansada na Índia com o marido a milhas?

Sem más intenções, é mais um caso que faz lembrar um outro, recente, com uma paquistanesa que foi de lua de mel sem o marido? Agora, aconteceu algo parecido com um casal indiano. Sendo que ele viajou e ela, até ver, continua à espera...

Faizan e Sana Patel casaram-se em dezembro do ano passado. Partilharam toda a sua alegria nas redes sociais e guardaram parte da felicidade e das economias para uma desejada lua de mel em Itália e Grécia, neste mês de agosto.

Nas vésperas da partida, Sana não encontrou o pasaporte. Tinha-o perdido. E viu-se assim impedida de viajar, segundo relata o portal Huffington Post.

Ainda assim, sem poder sair da Índia, fez questão de que o marido, fotógrafo de profissão, não perdesse a viagem de lua de mel. Para a posteridade, lá se despediu de Faizan no aeroporto, com uma daquelas caras...

Ministra soube e agiu

Com tanta partilha do caso na internet, o episódio acabou por se tornar notícia.

Esta viagem foi totalmente planeada por ela", disse Faizan à televisão norte-americana CNN, que contou o caso, sobretudo quando a minsitra indiana dos Negócios Estrangeiros interveio.

Sushma Swaraj, a ministra, tomando conhecimento da situação através de uma publicação do marido solitário no Twitter, diligenciou para que rapidamente a jovem esposa tivesse um novo passaporte.

Gostava que, em breve, ela estivesse comigo", foi o desejo expresso pelo jovem marido que levou a ministra a intervir, só que nem tudo pôde ser tratado a tempo.

Ao que se sabe, com novo passaporte, ainda falta o visto de Itália para que Sana Patel possa viajar e juntar-se na lua de mel ao marido.

À data de hoje, ele ainda espera por ela. E vai-se contentando com as fotocópias da sua querida.