Muita gente sente-se desconfortável em usar algumas expressões e palavras que se dizem atualmente. Mas o mesmo já aconteceu em outros tempos com muitas palavras que, hoje em dia, são perfeitamente comuns e populares. O jornal britânico The Independent elaborou uma lista com 11 exemplos. Para alguns especialistas em linguagem, inteligência emocional ou mesmo liderança, estas continuam a ser as 11 expressões que as pessoas inteligentes não deveriam usar:

1. “Necessidade”

2. “Deve”

3. “Não é possível”

4. “Fácil”

5. “Apenas”

6. “Só”

7. “Rápido”

8. “Pareces cansado”

9. “Uau, perdeste imenso peso!”

10. “Boa sorte”

11. “És sempre o mesmo”

“Boa sorte”, por exemplo, começou por não ser uma expressão muito bem recebida pela ideia de que a pessoa em questão precisaria de sorte para ter sucesso. “Pareces cansado” também não, pelo facto de ser mais educado perguntar a alguém como se sente do que assumir a disposição da pessoa em questão.

No século 20, expressões como “contacto”, “doar” ou mesmo “entrevista” também foram considerados indesejáveis.