Uma mãe britânica foi multada em 60 libras, cerca de 77 euros, por desperdiçar uma semana de aulas da filha para a levar de férias até Ibiza, refere o El Mundo.

Michelle Smith, de 34 anos, planeou umas férias em família durante a interrupção da Páscoa, com os quatro filhos, mas a pausa escolar de Amelia, a filha de 12 anos,entre 6 e 8 de abril não coincidiu com a dos irmãos. A família viajou até Ibiza dia 28 de março e por lá ficou durante oito noites. No regresso a mulher foi multada em 60 libras.

Na origem da controvérsia está uma decisão do Governo britânico que permite às escolas escolherem os períodos de pausa autónomos em relação ao calendário letivo, ou seja, dentro da mesma localidade podem existir instituições com pausas escolares diferentes.

A escola acabou por denunciar a ausência da aluna e a mãe foi intimida ao pagamento de uma multa. Karen McCarter, diretora da escola primária, referiu que foi uma decisão difícil de tomar mas que Michelle Smith estava consciente das consequências daquela viagem, uma vez que grandes períodos de falta por parte dos alunos só podem ser justificados por luto ou funerais.

“Tem de haver bom senso porque se a mãe não pagar o caso irá parar aos tribunais e a multa pode chegar às 2500 libras, cerca de 3200 euros, e ainda enfrentar uma pena de prisão de três meses”, disse.