O insólito aconteceu durante um assalto a um supermercado no Brasil. Um reformado de 64 anos entrou na loja enquanto esta estava a ser roubada e, apesar de o assaltante lhe ter apontado uma arma, Joaquim de Souza não terá percebido o que estava a acontecer, afastou a arma do indivíduo e entrou sem qualquer preocupação.

O episódio foi registado em vídeo através das câmaras de segurança da loja e está a dar que falar na cidade de Nova Londrina, no Paraná, onde tudo aconteceu. Muitos pensam que Joaquim não percebeu de facto que a loja estava a ser assaltada, mas outros acreditam que o reformado sabia de tudo e decidiu enfrentar o criminoso.

«Achei que ele foi corajoso, mas também audacioso. Porque para se chegar a um lugar com uma arma apontada à cabeça e mesmo assim afastar a arma com a mão, tem que se ser muito audacioso», afirmou um dos habitantes da cidade ao «G1»


O protagonista do momento caricato admitiu que estranhou a movimentação no supermercado, mas que não imaginava que se tratava de um assalto.

«Atravessei a rua com a cabeça baixa. Quando entrei vi uma coisa preta no canto. Disse ‘rapaz tenho que comprar as minhas coisas'. Depois ele [assaltante] disse ‘aqui você não entra’, apontou a arma para o boné e eu bati na arma com a mão», explicou Joaquim de Souza ao «G1»

Depois de o reformado ter empurrado a arma do assaltante e entrado na loja, vê-se que o indivíduo acabou por fugir, pouco tempo depois, com o dinheiro do roubo. O reformado confessou que só a partir daí é que percebeu, por fim, que tinha presenciado um assalto.

«Só vi que era uma arma quando eu já estava lá dentro. Deus estava comigo e ajudou-me», disse.