Um chinês está a tentar que o seu filho de cinco anos seja reconhecido como o piloto mais novo do mundo.

A pedido do pai, He Liesheng voou, no sábado à tarde, cerca de 47 minutos. Foram realizados dois voos nos arredores do jardim zoológico de Pequim, na província de Hebei, na China.

Para concretizar esta travessia a bordo de um avião, o rapaz de cinco anos teve 20 dias de aulas de aviação numa escola particular.

Um treinador estava sentado com o pequeno piloto no avião a dar indicações. Durante a viagem, o treinador levantou os braços para que se pudesse confirmar que era a criança quem estava a controlar o avião.

«Estou a preparar clipes de vídeo para enviar aos Recordes do Guinness e à Associação de Recordes Mundiais para receber a certificação de que o meu filho é o mais novo piloto do mundo», disse o pai, citado pelo «China Daily».

O pai acrescentou ainda que pediu, na escola, que o filho pudesse estar em casa no primeiro dia de aulas a dar entrevistas aos meios de comunicação social.