Um canadiano bateu o recorde do Guiness ao voar 275 metros em cima de uma "hoverboard". Catalin Alexandru Duru construiu a própria prancha durante 12 meses e garante que vai testar a "hoverboard" ao máxima para saber quais são os limites. 

"Queria mostrar que um voo estável consegue ser alcançado com uma prancha. O ser humano pode controlá-la com os pés, exatamente como no filme 'Back to Future II'."

Para bater o recorde de "voo mais distante com uma hoverboard", o inventor teria de voar apenas 50 metros, mas acabou por superar esse valor. Catalin conseguiu manter-se durante 275,9 metros por cima do lago Ouareau no Quebec, no Canadá. 

"O protótipo pode ser usado em qualquer lugar, mas geralmente é testado na água devido à elevada altitude que pode atingir."

A prancha é composta por quatro hélices que permitem ao utilizador manter-se de pé e por um design moderno possibilita o controlo através dos pés. Catalin, que atingiu os cinco metros de altitude, promete que não vai ficar por aqui e vai testar os limites máximos da prancha. 

"Este feito é verdadeiramente fascinante e incrível no mundo da engenharia e transporte. É sempre gratificante ver pessoas como Catalin Alexandru Duru alcançarem títulos do Guiness World Record", afirma um porta-voz do Guiness World Records.