Uma mulher norte-americana esperava o nascimento de uma filha. Mas no momento do parto, num hospital de Nova Iorque, reparou que afinal a menina era um menino.

Danielle Williams, a mãe, tinha feito uma ecografia quando estava grávida de vinte semanas. A médica disse-lhe que era uma menina, mas durante a cesariana o médico disse-lhe que afinal estava a ter um menino.

Danielle não queria acreditar: «Quando o médico me disse que afinal era um rapaz achei que era uma brincadeira».

O choque do pai também não foi menor: «Estava acordado há 24 horas, pensei que os meus olhos me estavam a enganar».

Até a ginecologista que acompanhou a gravidez, Laura Corio, ficou surpreendida com o engano: «Em 35 anos de trabalho nunca vi um erro como este. A tecnologia é tão avançada que o bebé pode realmente ver-se. Especialmente quando é um rapaz».

Os estudos também confirmam a fiabilidade das ecografias. Duas investigações independentes dizem que entre as 11 e as 14 semanas de gestação, a determinação do sexo do bebé tem uma margem de certeza entre os 80 e os 97%.

Depois de recuperar do susto, a mãe decidiu brincar com a situação. Pediu à avó para mudar a fralda à criança e a surpresa foi total. O momento ficou registado em vídeo. Assista abaixo.