Para os habitantes de Marselha, em França, até mesmo uma personagem fictícia da banda desenhada pode ser mais eficaz no combate ao crime do que os agentes reais da autoridade. A segunda maior cidade do país tem sido atormentada por uma onda de crimes violentos, que só tem vindo a piorar. Os moradores, desagradados com a «incapacidade» da polícia em libertar a cidade do crime, decidiram reagir à violência de uma forma insólita: pedir ajuda a Batman!

De acordo com a edição online do canal France 24, um grupo de jovens cidadãos de Marselha, decidiu criar uma página no Facebook para denunciar o fracasso das políticas de segurança na cidade. «Temos de ficar à espera que Batman venha salvar a cidade?» é um slogan que revela o descontentamento crescente dos moradores de Marselha em relação ao que dizem ser a inércia das autoridades.

Para os cidadãos, as ruas de Marselha agora estão mais perigosas do que as ruas de Gotham city, sobretudo depois da morte, a 22 de agosto, de Jacques Blondel, um cidadão de 61 anos. Blondel foi morto ao tentar impedir um assalto e o homicídio foi a gota de água para a população.

Depois daquele crime, as pessoas sentem-se incapazes de confiar nos políticos locais ou nos agentes de polícia para garantir a segurança na cidade. Por isso, lançaram uma petição online a pedir a Batman para salvar Marselha, que já conta com mais de três mil assinaturas. Criaram também uma página no Facebook, que já tem mais de quatro mil «gostos».