Dan “Bruce” Toomey tinha 16 anos e estava a acabar o ensino secundário no ano de 1966/67. No entanto, a sua alegria foi breve, já que perdeu o anel de finalista do curso «secundário» na praia, durante uma festa.

O jovem de Massachusets, nos Estados Unidos, procurou sem sucesso o adorno. Cresceu, mudou de estado – agora vive no Alasca – e até se esqueceu do episódio, segundo o “Daily News of Newburyport”, até um dia. Até ao dia, em que, 49 anos depois, conseguiram chegar até ele após um “trabalho de detetive”.

O anel, com o nome da escola gravado e o ano de curso, foi encontrado na mesma praia por um turista que o entregou ao estabelecimento escolar.