Duas raparigas que visitavam o Palácio de Hampton Court, em Londres, afirmam ter captado fantasma de Dame Sybil Penn, uma enfermeira, criada que morreu de varíola em 1562. O palácio, que foi casa de Henry VIII, tem um historial famoso de aparições de fantasmas. O caso vem contado no «Daily Mail».

Holli Hampsheir, de 12 anos, tirou uma fotografia à prima, Brook McGee, no palácio que remonta ao século XVI. Só mais tarde descobriu que para além da familiar tinha também «apanhado» a figura de Dame Sybikk Penn. O fantasma de cabelo solto, preto, longo e de vestido comprido, parece uma mulher real. Segundo a sequência de fotografias que as raparigas tiraram, quando Brook virou costas a criada fantasma apareceu mas quando ela se voltou a virar o já tinha desaparecido.
 
 


 

«Fiquei apavorada. Eu não vi nada. As pessoas dizem que o quarto fica frio quando os fantasmas aparecem, mas eu não fazia ideia. Não conseguimos dormir bem desde que isso aconteceu», afirmou McGee.


A suposta fantasma foi criada de quatro monarcas no Palácio de Hampton Court e também enfermeira do Príncipe Edward e de Elizabeth I. No ano de 1829, a igreja do palácio foi reconstruída e o túmulo da criada foi movido. Logo depois deu-se a primeira aparição do fantasma que fazia barulhos estranhos através de uma parede que pareciam de uma pessoa a trabalhar numa roda de fiar.

Há quase 200 anos que se ouvem rumores sobre a aparição de fantasmas no palácio. Um dos mais famosos é o de Catherine Howard, a quinta esposa de Henry VIII, que foi decapitada devido a acusações de adúlterio.