logotipo tvi24

Ligou ao 112 porque a mulher não o deixava ir ao Facebook «em paz»

Norte-americano vai ter agora de cumprir 60 dias de prisão

Por: Redacção / CP    |   2012-03-23 15:19

Um norte-americano de 57 anos foi detido por ter ligado o número de emergência para se queixar que a mulher não o deixava ir ao Facebook «em paz».

Segundo relata o «Huffington Post», Doyle Hardwick ligou para o 911 (112) e começou a queixar-se ao operador que a mulher não ia para a cama. «Ele estava chateado porque a esposa estava ao lado dele e não ia dormir», contou a polícia.

O homem apresentava sinais de alcoolismo e admitiu que tinha dado várias cervejas à mulher para tentar que esta adormecesse.

Doyle Hardwick foi condenado a 60 dias de prisão, fugiu, mas entregou-se esta terça-feira para finalmente cumprir a pena.

Partilhar
EM BAIXO: Facebook
Facebook

Deixou de ser rainha da beleza, mas não entrega a coroa
Organização do «Miss Asia Pacific World» retirou o título à vencedora e acusou-a de ter fugido com a tiara. May Myat Noe nega as acusações
Eles sobem a arranha-céus para tirar selfies
Nova tendência da fotografia nas redes sociais implica edifícios vertiginosos e as melhores vistas das cidades
Um «homem a arder» no meio do deserto
Apesar das condições adversas, o «Burning Man» encheu o deserto de Black Rock com um espectáculo de fogo e de cor
EM MANCHETE
«Eu estou de volta, Obama»
Jihadistas do Estado Islâmico divulgam novo vídeo com decapitação do jornalista Steven Sotloff. Carrasco parece ser o mesmo homem britânico
Cavaco recorda as suas palavras sobre o caso GES
Reposição dos cortes salariais aprovada no Parlamento