logotipo tvi24

Ligou ao 112 porque a mulher não o deixava ir ao Facebook «em paz»

Norte-americano vai ter agora de cumprir 60 dias de prisão

Por: Redacção / CP    |   2012-03-23 15:19

Um norte-americano de 57 anos foi detido por ter ligado o número de emergência para se queixar que a mulher não o deixava ir ao Facebook «em paz».

Segundo relata o «Huffington Post», Doyle Hardwick ligou para o 911 (112) e começou a queixar-se ao operador que a mulher não ia para a cama. «Ele estava chateado porque a esposa estava ao lado dele e não ia dormir», contou a polícia.

O homem apresentava sinais de alcoolismo e admitiu que tinha dado várias cervejas à mulher para tentar que esta adormecesse.

Doyle Hardwick foi condenado a 60 dias de prisão, fugiu, mas entregou-se esta terça-feira para finalmente cumprir a pena.

Partilhar
EM BAIXO: Facebook
Facebook

Foi ao médico com dores de barriga e descobriu que era uma mulher
Chinês de 45 anos viveu toda a sua vida como homem, mas genéticamente é uma mulher
O segredo da selfie perfeita é...
Cientistas revelam que as características faciais nos levam a criar uma primeira impressão de alguém
Britânico paga 94 euros por três garrafas de água
Empresário prometeu nunca mais voltar ao hotel Wellesley, em Londres
EM MANCHETE
«A campeã das políticas do Eurogrupo»
Santos Silva fala da escolha de Maria Luis Albuquerque para próxima Comissária Europeia
«Estamos tão dependentes da troika como estávamos»
PS: mais de 21mil simpatizantes já se inscreveram online