Um homem de origem chinesa ganhou mais de 140 milhões de euros entre a lotaria espanhola e o Euromilhões e foi viver para o bairro madrileno ao lado de Cristiano Ronaldo. Por Espanha, é conhecido com o Javi ou o Chinês de Parla.

Depois de ter ganho a lotaria, em 2013, Javi ficou três dias sem dormir: tinha apostado sete euros na La Primitiva e recebeu 1,8 milhões. Não satisfeito, continuou a apostar nos jogos sociais e voltou a ganhar. Desta vez, apostou 42 euros no Euromilhões e recebeu 139,2 milhões, o maior prémio alguma vez entregue em Espanha. Por estes motivos, o jornal espanhol El Mundo chama-lhe o “homem com mais sorte do mundo”.

Ainda me sinto como um pobre. Sou pobre”, disse o homem em entrevista ao jornal espanhol.

Javi descreve-se como uma pessoa humilde e diz não ter esquecido as origens nem as dificuldades que passou quando chegou a Espanha. É natural da província chinesa de Zhejiang e, em Espanha, trabalhou em Barcelona e em Navarra. Trabalhou em restaurantes, como assistente de cozinha.

Mais tarde, em Madrid, trabalhou em retalhistas de origem chinesa.

Vivia em Parla, zona proletária madrilena, que hoje dá nome à fama conquistada pelos prémios milionários que venceu. Não se desfez desse apartamento, mas agora vive em La Finca, a mesma urbanização onde vive Cristiano Ronaldo.

“Os nossos filhos brincam juntos”, disse em entrevista ao El Mundo.

É um homem rendido a alguns luxos. Comprou carros caros, gosta de viajar, joga golf e quer tornar-se investidor de fundo e na bolsa de valores. Contudo, continua a apostar em jogos sociais, mas só “quando os prémios são grandes” chegando a gastar entre três a oito mil euros.

Já fui premiado uma vez por isso continuo a apostar, porque nunca se sabe…”